ALIMENTE SEU CONHECIMENTO - FÓRUM DE INFORMAÇÕES E NOTÍCIAS RELACIONADAS A ALIMENTOS E SEUS FABRICANTES


Por que se teme a sexta-feira 13?

Compartilhe
avatar
Laerte

Mensagens : 257
Data de inscrição : 11/10/2014

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por Laerte em Sab Dez 13, 2014 1:56 pm

Borg escreveu: Acredite se quiser, eu tinha respondido, ficou legal... só que eu esqueci de enviar, deixei tudo na tela e quando tive que reiniciar o micro da empresa por causa da rede, percebi tarde demais que estava tudo lá... Putz, na hora dá um desânimo ter que escrever tudo de novo, KKKKKKK

MAs, vamos lá...

Basicamente existem 3 níveis. Aprendiz, Companheiro e Mestre. O Neófito entra como aprendiz, sabe de nada o inocente, ehehehe... fica em "modo esponja" nos primeiros meses e se esforça pra compreender o que é visto nos rituais, fazendo em casa os deveres que são passados. Quando ele coloca à prova os conhecimentos que recebeu (sim, existem provas a respeito e muito do que se pergunta não tem em livro, é baseado no que rola na sessão, por isso o cara que falta as sessões não consegue se desenvolver) e uma vez aprovado ele se torna companheiro. Depois algo do tipo, só que beeem mais complicado rola e se ele passar, se torna Mestre.  A partir deste momento ele começa uma viagem de conhecimento que só vai parar quando ele partir desta para melhor. Muita gente está ciente de outros graus na Maçonaria, mas estes graus são filosóficos, apenas distinguem o grau de conhecimento absorvido por um mestre, não concede nenhuma diferenciação... até pq na Maçonaria somos todos iguais. Na minha família é comum que os Maçons desenvolvam os graus filosóficos... Bisavô, Avô, Pai... todos eles chegaram ao grau máximo, mas eles são iguais aos Mestres que não enveredaram pela filosofia. Eu sinceramente não sei se vou fazer isso, pq não sei como vai estar a minha vida até lá...

Entre os Maçons, embora a igualdade predomine, é comum dizermos que o Aprendiz é o irmão mais importante... porque ele é o futuro da loja, dele sairão os esforços para a evolução do grupo, perpetuando o processo de crescimento e de compartilhamento de conhecimento... Enquanto aprendiz, pude ver o carinho e zêlo como alguns me tratavam, mas tb pude ver que outros me davam as piores tarefas e enigmas pra resolver, pois no entendimento deles eu "Nasci Maçom" antes dos demais, talvez pelo fato de eles acharem que eu devo ter crescido dentro de um ambiente onde a doutrina Maçônica fortalecia a educação e a família. Infelizmente, eles não podiam estar mais errados, mas me jogaram às feras assim mesmo, felizmente eu consegui prevalecer, embora às vezes eu voltasse pra casa fervendo de raiva, eheheheh... tudo é aprendizado, especialmente as coisas ruins.

O princípio da igualdade entre os irmãos apenas reforça o também princípio de fraternidade entre eles. Uma vez reconhecidos, irmãos Maçons se tratam com um grau de amizade e confiança que não se vê no mundo real, até pq o mundo real favorece a desconfiança, os pensamentos ruins, a intolerância e os vícios.

Então hoje você é companheiro pelo que entendi? e agora vai estudar para ser mestre... bacana, boa sorte hehehe. Agora devo confessar que nunca pensei que tivesse essa coisa de estudar, fazer prova, fazer dever de casa, para mim que era so cabeças de bode rolando kkkkkkk


Show borg, valeu pela explicação.
avatar
Borg
Admin

Mensagens : 774
Data de inscrição : 08/08/2014

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por Borg em Sab Dez 13, 2014 2:54 pm

morpheus escreveu:Borg e sobre o fato de dizerem que a bandeira de MG é inspirado na maçonaria isso procede?

Sim. Tiradentes era Maçom. Como o desenho da bandeira foi de autoria dos inconfidentes mineiros, e como Tiradentes foi o símbolo da inconfidência Mineira... Aquele triângulo ali não está nela por acaso, ehehehehe..

O mais engraçado é que a cidade de Tiradentes, por incrível que pareça, não possui nenhuma loja Maçonica instalada, a bodaiada da cidade vai toda pra São João del Rei e outras cidades onde existem lojas funcionando...
avatar
Borg
Admin

Mensagens : 774
Data de inscrição : 08/08/2014

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por Borg em Sab Dez 13, 2014 2:57 pm

Laerte escreveu:
Borg escreveu: Acredite se quiser, eu tinha respondido, ficou legal... só que eu esqueci de enviar, deixei tudo na tela e quando tive que reiniciar o micro da empresa por causa da rede, percebi tarde demais que estava tudo lá... Putz, na hora dá um desânimo ter que escrever tudo de novo, KKKKKKK

MAs, vamos lá...

Basicamente existem 3 níveis. Aprendiz, Companheiro e Mestre. O Neófito entra como aprendiz, sabe de nada o inocente, ehehehe... fica em "modo esponja" nos primeiros meses e se esforça pra compreender o que é visto nos rituais, fazendo em casa os deveres que são passados. Quando ele coloca à prova os conhecimentos que recebeu (sim, existem provas a respeito e muito do que se pergunta não tem em livro, é baseado no que rola na sessão, por isso o cara que falta as sessões não consegue se desenvolver) e uma vez aprovado ele se torna companheiro. Depois algo do tipo, só que beeem mais complicado rola e se ele passar, se torna Mestre.  A partir deste momento ele começa uma viagem de conhecimento que só vai parar quando ele partir desta para melhor. Muita gente está ciente de outros graus na Maçonaria, mas estes graus são filosóficos, apenas distinguem o grau de conhecimento absorvido por um mestre, não concede nenhuma diferenciação... até pq na Maçonaria somos todos iguais. Na minha família é comum que os Maçons desenvolvam os graus filosóficos... Bisavô, Avô, Pai... todos eles chegaram ao grau máximo, mas eles são iguais aos Mestres que não enveredaram pela filosofia. Eu sinceramente não sei se vou fazer isso, pq não sei como vai estar a minha vida até lá...

Entre os Maçons, embora a igualdade predomine, é comum dizermos que o Aprendiz é o irmão mais importante... porque ele é o futuro da loja, dele sairão os esforços para a evolução do grupo, perpetuando o processo de crescimento e de compartilhamento de conhecimento... Enquanto aprendiz, pude ver o carinho e zêlo como alguns me tratavam, mas tb pude ver que outros me davam as piores tarefas e enigmas pra resolver, pois no entendimento deles eu "Nasci Maçom" antes dos demais, talvez pelo fato de eles acharem que eu devo ter crescido dentro de um ambiente onde a doutrina Maçônica fortalecia a educação e a família. Infelizmente, eles não podiam estar mais errados, mas me jogaram às feras assim mesmo, felizmente eu consegui prevalecer, embora às vezes eu voltasse pra casa fervendo de raiva, eheheheh... tudo é aprendizado, especialmente as coisas ruins.

O princípio da igualdade entre os irmãos apenas reforça o também princípio de fraternidade entre eles. Uma vez reconhecidos, irmãos Maçons se tratam com um grau de amizade e confiança que não se vê no mundo real, até pq o mundo real favorece a desconfiança, os pensamentos ruins, a intolerância e os vícios.

Então hoje você é companheiro pelo que entendi? e agora vai estudar para ser mestre... bacana, boa sorte hehehe. Agora devo confessar que nunca pensei que tivesse essa coisa de estudar, fazer prova, fazer dever de casa, para mim que era so cabeças de bode rolando kkkkkkk


Show borg, valeu pela explicação.

O que mais rola na loja é estudo. A gente estuda o que está nos livros, estuda o que os mais experientes explicam nas sessões, a gente estuda o significado de tudo que existe dentro da loja... tudo na Maçonaria gira em torno de estudo.. e de como aquele estudo pode transformar as pessoas.
avatar
Mazikamno

Mensagens : 232
Data de inscrição : 23/09/2014

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por Mazikamno em Sab Dez 13, 2014 3:04 pm

Borg escreveu:
Cara... eu não "indiquei" assuntos sobre Maçonaria. Eu quis explicar o  motivo das pessoas temerem a sexta-feira 13. Eu poderia ter criado outro tópico qualquer, podia ter criado um tópico sobre a origem da continência militar, por exemplo... ou qualquer outra coisa. Eu tinha lido sobre o tema, achei legal e quis compartilhar, só isso. Não foi meu intuito instigar ninguém pro lado da Maçonaria, mas eu de fato acredito que as pessoas já possuem evolução suficiente para conversar de modo racional, entendendo que é melhor conversar sobre o que pode ser conversado do que simplesmente não ter conversa alguma, mantendo as pessoas que não possuem este conhecimento trancafiadas na ignorância que as deixa raivosas e revoltadas quando o assunto é Maçonaria.

Mazi, percebo pelo teor de seu post uma certa agressividade em cima dos Maçons, como se tivessem lhe retirado algo que estava querendo ter... me desculpe, mas se eu soubesse que esse tipo de coisa lhe causa reações dessa natureza, nunca teria me colocado aqui para responder o que houvesse condição de ser respondido.  De fato, essa postura de "ou fale tudo ou não fale nada" não condiz com a postura de quem deseja agregar conhecimento, mas sim de quem parece querer resolver alguma coisa que lhe incomoda. Não era pra ter esse tipo desfecho, sinceramente falando...

De fato, acho que grande parte é culpa minha, porque na Maçonaria a gente se acostuma a debater visando absorver conhecimento, entendendo que tudo vem à seu tempo, que a ansiedade e o destempero influenciam negativamente na troca de idéias... A gente aprende uma coisa enquanto aprendiz e nos graus superiores recebe a mesma explicação só que muito mais complexa, muito mais recheada de informações, pq o tempo agrega conhecimento... e como a gente faz muito disso dentro da loja, acaba trazendo pro mundo exterior este costume de saber lidar com o que se recebe, respeitando a importância do tempo no processo... e as pessoas do mundo exterior não sabem naturalmente lidar com isso, pois aqui as coisas ocorrem de modo diferente.

Para que as pessoas de fora possam satisfazer a sua curiosidade a respeito do que rola dentro da Maçonaria, o melhor modo de resolver isso é entrando para a Ordem. Não é difícil ser convidado, o difícil é se preparar para receber o convite. Alguns nasceram preparados e nunca se tocaram disso, outros acham que nasceram preparados mas nunca chegaram perto disso, infelizmente... a Maçonaria sutilmente dá a informação aos interessados, sobre o que desenvolver dentro de si para se tornar apto a entrar... mas ninguém dá a devida importância, pois nego só quer saber de dinheiro, poder, impunidade, e acham que a Maçonaria é cheia disso.

Tandra, seu problema é que você não consegue perceber o quanto que já aprendeu sobre Maçonaria e ainda não teve a habilidade de se tocar a respeito... Assim como as demais pessoas que se chateiam com a discrição da Ordem, vc não consegue ver o que está debaixo do teu queixo, preferindo querer procurar o que está apenas em sua imaginação. Eu já te contei muito a respeito, pena que você não consegue perceber os detalhes, as entrelinhas... Mas tenho fé que vc vai ser a cunhada mais fodástica daquela loja, eheheheh.... só precisa mudar o seu modo de percepção.

farao farao farao

Eu usei o termo "indicar" como associativo. Quando se fala sobre alguma coisa, e no contexto da história existe algum tema que é considerado polêmico, obviamente que o assunto vai se voltar para o lado polêmico como de fato. Você falou em sexta-feira 13, mas lá no contexto estava a maçonaria. E é óbvio, que o tema seria objeto de discussão, nem precisa ser maçom para saber disso, hehe; Não entendi o porquê dessa sua necessidade de me chamar de ignorante ou pouco evoluído nas entrelinhas. Desnecessário.

Por exemplo, eu crio um tópico sobre a crença em Jesus, olha como é linda a crença, e naquele tópico no meio de um texto de 50 linhas, o pastor Edir Macedo em duas linhas ensina as maravilhas do dízimo bíblico, coisa linda ele fala. É óbvio que existirão pessoas que mencionarão o Edir Macedo e os fiéis que o seguem, e este será o foco do debate, mesmo que este não seja o intuito inicial do tópico. Ou você acha que não?

Quanto a maçonaria, realmente eu volto a afirmar, meus questionamentos foram sem esse ódio que estão falando. Eu desconheço a maçonaria, o que eu tenho de exemplos é muito, mas muiiitoooo limitado e como você mesmo diz, pode ser que estes exemplos sejam goteiras, então nem isso é certo. Por isso não sou nem louco de perguntar algo condenando, e afirmando como certo, muito menos ficar revoltado com isso. A idade média já era

Meu julgamento para com a maçonaria é excelente, porque se prega uma evolução. Porém as palavras podem ser distorcidas e justificadas sempre, a começar pelo que é evolução, e quem faz essa distorção é o homem.

Assim, seja quem for, eu nunca colocarei o homem em um pedestal porque ele está suscetível de erro e por mais que ele diga que está no caminho e eu não, isso não me diz nada, porque ele pode estar errado e não saber, pode estar "dormindo", cabendo às vezes à própria vida, a prática do dia a dia, a interação com os seres "normais" servir-lhe de lição e o desmentir, O discurso na teoria é um e na prática é outro, quem percebe isso já é uma evolução.

Então, respondendo, eu não tenho raiva de maçom, eles não me tiraram nada, até porque como você mesmo diz, eles só praticam o amor ao próximo e como eu poderia ter raiva, ou então perdido algo para alguém que só quer praticar o bem, não é mesmo? Me surpreende você colocar em pauta algo impossível e totalmente contra a maçonaria. Sim, os goteiras, é claro. Por outro lado entendo esta paranoia de perseguição, que às vezes acomete os irmãos maçônicos, pensam que todos os que não são maçons querem derrubá-los, reflexo da idade média, hehe.

Enfim, quando se falou em maçonaria não houve reação alguma de minha natureza, hehe, estou super tranquilo, o maçom aqui não sou eu, não me sinto julgado, a minha vida vai seguir como sempre seguiu, sem a influência maçônica, eles estão longe de ser prioridades da minha vida, não acordo pensando nisso e não vivo para isso. A importância que dou a maçonaria não é a mesma que o maçom dá, por isso quando pergunto alguma coisa sobre o tema, estou desprovido de julgamento e sentimentos, mas para quem vive isso, às vezes uma gota se transforma em tempestade, eu entendo, há realmente uma razão para isso.

O mesmo caso acontece muito com os evangélicos, de vez em quando questiono de maneira imparcial passagens da bíblia e o ensinamento de determinado pastor, e ao invés de entrarmos em um diálogo de, "é tem sentido, pode ser, ou então contra-argumentações racionais", o diálogo passa a ser: "o que você está pensando? está louco? vc é burro, não sabe nada" etc. Reações semelhantes não acha? Vamos todos pra igreja! hehe.

No geral do tópico, sinceramente, fui inocente, pensei: já que vamos falar do tema, com gente evoluída envolvida, então vou aproveitar e perguntar de tudo sem maldade, irão me entender. Comecei a mil por hora nas perguntas, a maioria não foi respondida. e eu nem liguei já que a regra sempre foi, responde o que puder, responde eu não posso, não quero, não tô afim. heheh.

Nunca imaginei que seria mal compreendido dessa maneira por um simples questionamento. Estou querendo acabar com os maçons, por a lei da mordaça, não quero agregar conhecimento, estou incomodado.  Tem cú mesmo nessa história, heheheh

Quem ler, leia na boa, sem dramas. Segue o barco e não a barca viu Borg? affraid  lol!


Última edição por Mazikamno em Sab Dez 13, 2014 3:21 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Tandra
Admin

Mensagens : 529
Data de inscrição : 08/08/2014
Idade : 28

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por Tandra em Sab Dez 13, 2014 3:18 pm

não existe barca aqui no ALIDB não kkkkkkkk


_________________
Dalla Riva Consultoria de alimentos. Nossas Soluções em consultoria.
Acesse: www.dallariva.com.br 
avatar
Borg
Admin

Mensagens : 774
Data de inscrição : 08/08/2014

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por Borg em Sab Dez 13, 2014 3:47 pm

Barca ???

Hmmmm.....

Captei a mensagem, KKKKKKKKKKK
avatar
victor andrade

Mensagens : 352
Data de inscrição : 02/10/2014

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por victor andrade em Sab Dez 13, 2014 3:47 pm

Barca?? que porra é essa?? é gíria maçônica?
avatar
Tandra
Admin

Mensagens : 529
Data de inscrição : 08/08/2014
Idade : 28

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por Tandra em Sab Dez 13, 2014 3:51 pm

barca é um barco-punição que é usado para levar pessoas que ofendem a maçonaria, então elas são mandadas para navergar e morrer no mar sem fim


Última edição por Tandra em Sab Dez 13, 2014 3:58 pm, editado 1 vez(es)


_________________
Dalla Riva Consultoria de alimentos. Nossas Soluções em consultoria.
Acesse: www.dallariva.com.br 
avatar
Poseidon

Mensagens : 325
Data de inscrição : 19/09/2014

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por Poseidon em Sab Dez 13, 2014 3:57 pm

quanta criatividade em Tandra kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


_________________
O riso é a última fronteira
avatar
Borg
Admin

Mensagens : 774
Data de inscrição : 08/08/2014

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por Borg em Sab Dez 13, 2014 4:12 pm

Vcs tão de sacanagem, só pode ser...

KKKKKKKKKKKKKKKKKK
avatar
Cachorro Louco

Mensagens : 186
Data de inscrição : 16/10/2014

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por Cachorro Louco em Sab Dez 13, 2014 6:57 pm

Kkkkkkkkkkkkkkkkk morrer no mar sem fim..
avatar
Borg
Admin

Mensagens : 774
Data de inscrição : 08/08/2014

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por Borg em Seg Dez 15, 2014 11:07 pm

Lendo novamente os posts desta discussão, comecei a refletir e acho que situações anteriormente passadas me fizeram ficar com receio de perseguição, e talvez eu acabe vendo certas reações como perseguição... bom, peço desculpas a quem se sentiu atingido pelas minhas palavras, não era minha intenção algo do tipo.


Conteúdo patrocinado

Re: Por que se teme a sexta-feira 13?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Ter Nov 21, 2017 3:23 am